lundi 5 novembre 2012

Zé Carioca, personagem da politica estrangeira americana, faz 70 anos!







A exemplo de Gilberto Gil, Milton Nascimento e Caetano Veloso, hoje o Zé Carioca está fazendo 70 anos! 
Zé Carioca é bem conhecido de todos brasileiros.  Ele possui revista mensal. Foi nos quadrinhos brasileiros que sua personalidade foi construída: bem-humorado, divertido, festeiro, gente boa, com a criatividade do brasileiro para seguir levando a vida, mas também preguiçoso e malandro (alérgico a trabalho).

Zé Carioca foi criado no começo da década de 1940 pelos estúdios Walt Disney  e apareceu pela primeira fez no longa-metragem Saludos Amigos em 1942. No filme, Zé Carioca apresenta o Brasil para o Pato Donald. Nessa época, o Brasil era muito conhecido pela grande estrela Carmem Miranda, famosa por seu visual e seu estilo de cantar e dançar.


Saludos Amigos era um passeio pela América do Sul, onde cada curta-metragem acontecia em um país. Mostra os desenhistas do estúdio Disney viajando pela América Latina em busca de inspiração. A produção do desenho está também relacionada com os esforços dos Estados Unidos para reunir aliados durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), com a "Política da Boa Vizinhança".
Marli Rosa, Doutoranda em Linguística Aplicada do Instituto de Estudos da Linguagem (IEL) da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), escreve no artigo "Pato Donald no batuque dos 'bons amigos' manifestações culturais na política da 'boa vizinhança'" em 2010:
Definida a partir dos princípios do Pan-Americanismo do Século XIX, a Política da Boa Vizinhança, criada por Franklin Delano Roosevelt na VII Conferência Interamericana de Montevidéu, em 1933, representou uma grande mudança na relação política e cultural dos Estados Unidos com os países da América Latina, em especial, o Brasil. Os Estados Unidos estreitaram as relações com diversos países através da arte.(...)
De acordo com Kaufman (2009), no final dos anos 1930, o empresário Nelson Rockefeller visitou várias vezes a América do Sul, onde possuía negócios, e notou o crescimento da influência nazista, em especial na Argentina. Temendo que esta influência se espalhasse por todo o continente, em 1940 o empresário decidiu falar com o governo americano e sugerir que fossem tomadas medidas para deter esse crescimento. Como resultado, o governo americano criou o posto de “Coordinator of Inter-American Affairs” (Coordenador das Relações Inter-Americanas), oferecido a Rockefeller. Do escritório do magnata americano saiu o convite para Walt Disney participar da Política da Boa Vizinhança, dadas a importância do cinema como veículo de massa e a popularidade crescente dos filmes da Disney, inclusive em países da América do Sul.”

O filme inteiro conta com 4 desenhos. Para o Brasil, a animação de oito minutos é chamada Aquarela do Brasil. O curta-metragem é precedido por um breve documentário sobre o Rio de Janeiro, com destaque para imagens de carnaval. O filme está em português.

O desenho foi totalmente feito à mão. Zé Carioca foi desenhado pelo próprio Walt Disney durante sua hospedagem no Copacabana Palace, que ficou impressionado com o grande número de piadas sobre papagaios que eram contadas pelos cariocas naquela época. Alguns estereótipos do Brasil mostrados naquela época ainda perduram: o samba, a malandragem carioca e pássaros silvestres como símbolos máximos da fauna. O filme mais recente da Dreamworks, Rio parece muito inspirado pelo Zé Carioca.

O sucesso foi tanto que três anos depois, Walt Disney lançou Você já foi a Bahia?, título original The Three Caballeros, onde animação mistura desenho com atores reais com a presença de Aurora Miranda (irmã de Carmem Miranda) em mais uma aventura pela América do Sul.
Ramon Moura, em Youtube explica que esse filme tem um contexto histórico político implícito. Esse filme é uma referência aos "três cavaleiros" Estados Unidos, Brasil e México que lutaram contra o regime nazista. Ele mostra a visão dos Estados Unidos em relação ao "resto" da America.








Fonte:

Aucun commentaire:

Enregistrer un commentaire