jeudi 22 novembre 2012

Os estranhos costumes dos franceses: o banheiro



Para inaugurar este tópico sobre os estranhos costumes dos franceses, vamos começar com um tema inesperado: o banheiro [les toilettes]
E por uma razão boa: nós vamos ao banheiro 2500 vezes por ano, a uma taxa de 6 a 8 vezes por dia. Isso representa quase três anos de nossas vidas.
Vocês devem saber que o uso do banheiro na França é bem diferente do Brasil. Para entender, é preciso distinguir entre os banheiros públicos (sanitários) os banheiros privados.
Então, seria que o banheiro mostra a separação importante que existe entre a esfera pública e a esfera privada na França? Como os franceses tão ligados a construir pequenos paraísos em banheiros em casa lidam com estas antecâmaras do inferno que são os sanitários publicos?


No Brasil, a maior parte do tempo, os vasos sanitários são colocados no lugar onde a gente também se lava e lava os dentes: o “banheiro” [salle de bains- sala de banho em francês]. A maioria das casas e dos apartamentos têm 2, 3 ou 4 banheiros. Os banheiros são equipados com fonte de água, que se usa além do papel higiênico (bom compromisso entre a abordagem africano "apenas água + mão esquerda " e a abordagem europeia "papel higiênico só"). O interesse do banheiro brasileiro é que ele permite lavar as mãos no mesmo lugar!

No outro lado, o lugar único bloqueia o acesso ao banheiro, quando passar muito tempo no banho. Além disso, as pessoas entram no lugar com os sapatos. Enfim, os convidados e pessoas de fora têm acesso à privacidade do banho.

Na França, o vaso sanitário está colocado num lugar separado: les toilettes. Muitas vezes, há dois toilettes em uma casa: o lugar separado, e um segundo no banheiro, la salle de bains. E muito conveniente para as crianças.
Em francês, nós chamamos les toilettes "a esquininha" (le petit coin). Dizemos: "Eu estou indo para a esquininha”. Também disse-se: "Eu estou no trono" ou "Eu vou para onde o rei vai sozinho."

Como todas as outras partes da casa, les toilettes estão sujeitos a todas as projeções dos habitantes da casa: são decorados, pintados, coloridos. Les toilettes são muitas vezes um reflexo da personalidade do dono ou da dona da casa. 


61% dos franceses consideram o banheiro de "importante". Les toilettes são o lugar onde todos os convidados vão, e por isso que os franceses lhe dará o maior cuidado!
Eu já vi um banheiro-biblioteca, com prateleiras cheias de livros disponíveis para os visitantes!



E bem evidenciado pelo grande número de dicas de decoração contidas em revistas especializadas e de decoração, nos sites [em francês] ou relatórios de TV como este 100% Mag Banheiro? Relaxa! [em francês]


E o que os franceses fazem no banheiro? 52% deles lêem. 
Há também um outro fenômeno: 24% dos franceses aproveitam da "pausa- xixi" para enviar mensagens do cellular para seus familiares. A pausa que durava cerca de 2 minutos até 2008, dura hoje mais de 40 minutos, já que aumentou o fluxo de smartphones.

No entanto, nos banheiros públicos, é outra coisa!
Enquanto no Brasil a maioria dos sanitários é limpa, até mesmo em estações rodoviárias. Na França, a questão da limpeza dos banheiros públicos é um problema social real. Também é um problema de saúde pública.

Um estudo realizado por Tork, empresa de produtos de limpeza especializados para profissionais, publicado por ocasião do Dia Mundial de Banheiros no 19 de novembro 2012 revela que 77% dos franceses pensam que sanitários franceses estão sujos.
54% dos entrevistados relataram não estar sempre certos de encontrar água e sabão nos sanitários. As vezes não tem tambem nenhum papel higiênico: "51% dos franceses dizem que não têm certeza de encontrar sistematicamente papel higiênico nos sanitários ", diz a pesquisa. 
A falta de papel parece ser um mal francês, desde que na Suécia e nos Estados Unidos, países envolvidos também na investigação, são cerca de 80% de cidadões com certeza de encontrar papel higiênico nos sanitários. 

Este problema de saúde pública é pior se considerarmos que 7 dos 10 franceses evitar ir aos banheiros em restaurantes.  1 em 2 franceses é repelido com os banheiros das discotecas.

Então o conselho antes de ir em banheiros públicos na França: sempre trazem guarda-napas ou toalhetes, além de um pequeno kit de desinfetante. Em algumas circunstâncias, eles vão salvar sua vida.

7 commentaires:

  1. Ei Manu! quem diria, quantas curiosidades sobre o banheiro! agora fiquei curiosa sobre a parte da sala de banho, que como vc disse eh mais particular. Adorei o textO!! Bjos!!!

    RépondreSupprimer
  2. J'ai bien aimé l'article ! Cependant, je ne trouve presque jamais de papier hygiénique dans les toilettes de São Paulo !

    RépondreSupprimer
  3. Exactamente ce que je voulais dire Pedro Henrique. Je suis de Sao Paulo, et maintenant j'habite en France, et on a trouvé des papiers hygiéniques dans les toilettes publiques juste dans les Shoppings.. O resto dos lugares, raramente tinha papel. E sinceramente, na França dependendo do lugar, o banheiro é ate limpo, mas no BR, SP que é cheio de gente, os banheiros eram imundos sim...

    RépondreSupprimer
  4. Je suis Française et totalement d'accord avec cette article ! Ah les toilettes c'est un lieu si important ! Dans presque toute les toilettes des maisons il y a une petite bibliothèque. Toilettes et lecture vont de paire :).

    RépondreSupprimer